quarta-feira, 27 de junho de 2012

Cantar o Barquinho...

UM BARQUINHO

Um barquinho ligeiro andava, 
Ligeiro andava no mar. 
A nuvem passou, 
O mar se agitou 
E o vento a soprar 
E os barcos a virar. 
Vem a onda baloiça o barquinho 
E o barquinho faz chape no mar! Faz chape no mar!






Pode encontrar esta e outras CANÇÕES aqui.


terça-feira, 26 de junho de 2012

Onda

O álbum " Onda" da autora coreana Suzy Lee , é uma obra  da Editora Gatafunho recomendada para a educação pré-escolar pelo PNL e ideal para ser contada às crianças em tempo de Verão quando apetece brincar na espuma da ondas e ouvir o canto das gaivotas.

Sem palavras, o Livro-Imagem recebeu em 2008 o prémio  New York Times para o Melhor Livro Ilustrado para Crianças e a Medalha de Ouro da Sociedade dos Ilustradores Americanos.










Vale mesmo a pena visitar o site oficial de Suzy Lee, aqui.

domingo, 24 de junho de 2012

Jogar e Aprender


MaTeRiAL CUiSeNaiRe


Com crianças de idade pré-escolar podemos utilizar este material para jogar e aprender...


Jogos Livres - Despejar a caixa com as barrinhas na mesa ou no tapete e deixar as crianças jogar livremente explorando e descobrindo as barrinhas de tamanhos e cores diferentes.  

" Um Castelo dos Reis" - Diogo, 5a 6m
" Uma Casa" - Mariana, 6a 4m
As crianças vão começar por criar composições planas e depois construções em  3D.

" Uma Casa" - Guilherme, 6 anos

" Um Barco" - David P., 4a 6m
No decorrer do JOGO LIVRE as crianças são capazes de sózinhas fazer algumas descobertas:

  • As barras da mesma cor são do mesmo comprimento
  • As barras do mesmo comprimento têm a mesma cor
  • As barras de cores diferentes têm comprimentos diferentes
  • Podemos usar os cubos brancos para "medir" o comprimento das diferentes barras

____________________________________________________________
UM POUCO DE HISTÓRIA:
O Material Cuisenaire foi criado Georges Cuisenaire Hottelet ( 1891-1980) que era um professor do primeiro ciclo. 
Depois de observar um aluno na sua aula com dificuldades o professor decidiu criar um material que o ajudasse no ensino dos conceitos básicos da Matemática.
 Então, cortou algumas réguas de madeira em dez tamanhos diferentes e pintou cada peça de uma cor tendo assim surgido a Escala de Cuisenaire - " o arco-íris de fazer contas".
Georges Cuisenaire expreimentou o material na aldeia de Thuin , na Bélgica, onde vivia e trabalhava , mas só muitos anos mais tarde é que o uso do Material Cuisenaire se difundiu com grande êxito. 

sábado, 23 de junho de 2012

Vamos Ler com as Crianças


Verão é tempo de mais Leituras...

Aqui ficam alguns Conselhos para Pais, porque é de pequenino que se cativa o gosto pela Leitura e pelos Livros.
  • Marque  5 minutos por dia  para ler com e para o seu filho.  
  • Pergunte ao seu filho se quer que lhe leia uma história.
  • Deixe-o escolher o livro.
  • Procure um sítio cómodo para os dois ; uma hora em que nem um nem outro estejam a ver televisão ; um momento disponível e tranquilo para ambos.
  • Sentem-se juntos para ler , de forma que a criança observe as imagens e veja onde o adulto lê , apontando o que se está a ler.
  • Se o livro for grande leia-o por partes.
  • Leia com expressão , pronunciando claramente as palavras e usando pausas.
  • Durante a leitura converse sobre : o que acha que vai acontecer a seguir ; explique alguma palavra que não perceba ; entusiasme o seu filho a ler algumas palavras que já conheça , mostre-se contente com os sucessos que vai observando durante a leitura ( já conheces muitas letras ! , entendeste muito bem a história ... )
  • No final da leitura converse sobre a história , perguntando quais as personagens que mais gostou , o que achou mais interessante ...
  • Dê-lhe também a sua opinião sobre o que leram.
  • Interrompa a leitura sempre que o seu filho mostrar sinais de cansaço.

( Adaptado do folheto do Departamento de Educação Básica / Programa de Incentivo à Leitura na Educação Pré-Escolar)


Clicar aqui para ficar a conhecer o projeto " Ler + em família" do Plano Nacional de Leitura.


sexta-feira, 22 de junho de 2012

Verão I


CONCHAS  CONCHINHAS


Conchas conchinhas
conchas do mar.
Conchas conchinhas
p'ra eu apanhar.

Vêm de longe,
vêm nas ondas.
Ficam na areia
a brilhar.


Livro "Educação Pré-Escolar"


quinta-feira, 21 de junho de 2012

Verão


A PRAIA

Na praia, vi uma concha
Dançar à beira do mar.
Mais à frente, uma estrelinha
Batia palmas no ar.

Na praia, vi um menino
fazer castelos na areia,
Vi algas e caranguejos
e chegar a maré cheia.

Na praia, vi um barquinho
com velas brancas ao vento.
Vi gaivotas a voar
Em constante movimento.




Ana Cristina Correia in " O Livro das 4 estações"

Escultura...


MOCHO , Picasso (1956)

INsPiRaÇãO

A imagem do Mocho serviu de inspiração, mas é apenas uma imagem .


Uma escultura tem volume.
Tem peso. Relevo. Texturas. Cor.
Podemos observá-la de diferentes ângulos.



As esculturas costumam viver nos Museus.

Todas as crianças gostam de visitar museus... são espaços de magia!
Mas, é tão difícil não poder tocar no que se observa ... as mãos também querem ver!
(Quase sempre os olhos das pontas dos dedos ajudam a ver melhor!)

E, há tanto para descobrir...


As esculturas também vivem no Jardim de Infância.
Mãos pequeninas que trabalham para fazer crescer Ideias usando diferentes materiais... cola, papel de jornal e gesso.



Cada escultura guarda um segredo para alguém descobrir.




Para  visitar e ficar a saber mais sobre Pablo Picasso ( 1881-1973):

quarta-feira, 20 de junho de 2012

A Mosca Fosca

O livro " A casa da Mosca Fosca " editado pela Kalandraka  faz parte do Plano Nacional de Leitura e conta-nos  a história de uma mosca e dos seus sete convidados.
É um óptimo recurso para utilizar na Hora do conto e incentivar as crianças a contar e somar os convidados da Mosca Fosca que aparecem na sua casa  para comer o bolo de amoras. 
Esta divertida história é uma adaptação de um conto russo assinada por Eva Mejuto e ilustração de Sergio Mora.



A Casa da Mosca Fosca


A CASA DA MOSCA FOSCA

Era uma vez a MOSCA FOSCA
Que vivia num bosque distante.
Farta de zunir, de dar voltas sem parar,
Decidiu fazer uma casa para morar.
Podia dormir na cama,
E ficar muito quentinha,
Podia receber amigos
E preparar doces na cozinha.
E a Mosca Fosca pôs-se a trabalhar
Erguendo uma casa num lindo lugar.
Para o seu lar inaugurar sem demora,
Preparou um belo bolo de amora.
O seu aroma espalhou-se pelo bosque afora.
Arranjou SETE assentos,
E para a mesa, SETE pratos.
Não cabia nem mais um.
Pouco tempo passado, bateu à porta o ESCARAVELHO.
- Quem vive neste lugar?
Quem venho visitar?
- A Mosca Fosca.
Faço uma festa para inaugurar
Este que é o meu novo lar.
E tu quem és?
- Sou o Escaravelho Carquelho,
Aquele que tem o nariz vermelho.
Que bom cheiro! Posso entrar?
- Claro que sim.
És o PRIMEIRO a chegar!
E muito contentes os DOIS decidiram merendar.
Mas quando iam começar, passou por ali o MORCEGO.
Viu a casa, cheirou-lhe a bolo e bateu à porta.
- Quem vive neste lugar?
Quem venho visitar?
- A Mosca Fosca
E o Escaravelho Carquelho.
E tu quem és?
- Sou o Morcego Ralego,
O que gosta da noite
Para ter sossego.
Ai que fome, posso entrar?
- Claro que sim.
És o SEGUNDO a chegar!
E muito contentes os TRÊS decidiram merendar.
Mas antes da primeira dentada,
Passou ali o SAPO.
Cheirou-lhe a bolo e ficou com apetite.
- Quem vive neste lugar?
Quem venho visitar?
- A Mosca Fosca,
O Escaravelho Carquelho,
E o Morcego Ralego.
E tu quem és?
- Eu sou o Sapo Larapo,
Com laçarote de trapo.
Que bem cheira! Posso entrar?
- Claro que sim.
És o TERCEIRO a chegar!
E muito contentes os QUATRO decidiram merendar.
Mas quando iam começar,
Passou pelo bosque a CORUJA.
Viu a casa, ouviu a festa e aproximou-se.
- Quem vive neste lugar?
Quem venho visitar?
- A Mosca Fosca,
O Escaravelho Carquelho,
O Morcego Ralego,
E o Sapo Larapo.
E tu quem és?
- Sou a Coruja Rabuja,
A que limpa e nunca suja.
Boa festa! Posso entrar?
- Claro que sim.
És a QUARTA a chegar!
E muito contentes os CINCO decidiram merendar.
Mas quando iam começar,
Passou por ali a RAPOSA.
Cheirou-lhe a bolo e animou-se a entrar.
- Quem vive neste lugar?
Quem venho visitar?
- A Mosca Fosca,
O Escaravelho Carquelho,
O Morcego Ralego,
O Sapo Larapo,
E a Coruja Rabuja.
E tu quem és?
- Sou a Raposa Tramosa,
Sou muito esperta e muito gulosa.
Que bolo apetitoso!
Posso entrar?
- Claro que sim.
És a QUINTA a chegar!
E muito contentes os SEIS decidiram merendar.
Mas quando iam provar o bolo,
Passou por ali o LOBO.
O cheiro fez-lhe crescer
Água na boca
E bateu à porta.
- Quem vive neste lugar?
Quem venho visitar?
- A Mosca Fosca,
O Escaravelho Carquelho,
O Morcego Ralego,
O Sapo Larapo,
A Coruja Rabuja
E a Raposa Tramosa.
E tu quem és?
- Sou o Lobo Rebobo,
O mais narigudo
À face do globo.
Que bolo tão bem feito!
Posso entrar?
- Claro que sim.
És o SEXTO a chegar!
E muito contentes os SETE decidiram merendar.
Quando por fim iam provar o bolo,
Apareceu por ali o urso. Tinha estado toda a tarde
À procura de amoras sem encontrar nenhuma.
Viu a casa, ouviu a festa e pensou:
Porque não me convidaram?
E bateu à porta.
- Quem vive neste lugar?
Quem venho visitar?
- A Mosca Fosca,
O Escaravelho Carquelho,
O Morcego Ralego,
O Sapo Larapo,
A Coruja Rabuja,
A Raposa Tramosa
E o Lobo Rebobo.
E tu quem és?
EU SOU O URSO LAMBEIRO,
O MAIS GULOSO DO MUNDO INTEIRO.
E ESTE RICO BOLO DE AMORA
VOU COMÊ-LO TODO… AGORA!

 Vitória, Vitória ... acabou a História!




DESEJA CONHECER e SABER MAIS:
O Mundo Mágico de SERGIO MORA ( Ilustrador ) - AQUI
Entrevista na TSF com EVA Mejuto (autora de livros) - AQUI



domingo, 17 de junho de 2012

Matemática Divertida



Vamos aprender a contar e a somar ? 

2 Dados

1 caixa com argolas coloridas ( ou outros objetos ) para contar



Amigos para partilhar o que aprendemos ...


Registar para não esquecer.

...  a MaTeMáTicA é DiVerTidA !

Consultar os textos de apoio para Educadores de Infância - " Brochura Sentido de número e organização de dados "


sábado, 16 de junho de 2012

Construções Magnéticas


CONSTRUIR / CRIAR 

DESCOBRIR FIGURAS & FORMAS

EXPLORAR O MAGNETISMO 



Com o GEOMAG é possível criar figuras geométricas simples ou outras figuras e sólidos mais complexos em duas ou três dimensões. 


Inicialmente as crianças começam por criar figuras em duas dimensões e depois de explorarem as barras magnéticas e esferas começam por criar figuras em 3D e com movimento. 

É um brinquedo fantástico!







quinta-feira, 14 de junho de 2012

...que bem se pinta!


 Estou no Jardim de Infância
E pinto quadros a cores
Com lápis e com pincéis
Como fazem os pintores.

E com os dedos das mãos
Então que bem que se pinta!
Fico todo besuntado
Até o nariz tem tinta!

Ora, não tem importância!...
Para que é que a água se fez?
Lavo a cara, lavo as mãos,
E fico limpo outra vez! 

Mª Isabel Mendonça Soares

quarta-feira, 13 de junho de 2012

O artista que pintou um cavalo azul

 Mais um livro do autor Eric Carle a merecer destaque - " O artista que pintou um cavalo azul" da editora Kalandraka


Neste álbum Eric Carle faz homenagem ao pintor Franz Marc (1880 - 1916) apresentado um catálogo de coloridos animais .





« Sou um artista e pinto...
um cavalo azul e...
 um crocodilo vermelho e...
uma vaca amarela e...
um coelho cor de rosa e...
 um leão verde e...
uma raposa roxa e...
 um urso polar preto e...
 um burro às bolinhas.
 Sou um bom artista. »

Um livro que pode servir como enquadramento ao trabalho a desenvolver com as crianças no âmbito da descoberta de animais na arte de Franz Marc  ou como ponto de partida para sessões de pintura com o tema dos  animais... sempre com muita imaginação e criatividade.

terça-feira, 12 de junho de 2012

Animais na Arte


" Rato cor-de -laranja  com pintas azuis" e " Cavalo Azul"

Animais


Cores


Emoções


" Gato cor-de-rosa" e "Famílias de Gatos"


Descobrir Animais na Arte e a Arte de Pintar Animais


Descobrir um Pintor - FRANZ MARC






PARA SABER MAIS SOBRE O PINTOR E AS SUAS OBRAS, VISITAR:


segunda-feira, 11 de junho de 2012

Ficha de trabalho - revestimento do corpo dos animais

Partilha de mais uma ficha de trabalho.
Nesta ficha as crianças têm de identificar e  fazer a correspondência entre o revestimento do corpo e os respetivos animais selvagens.





Para fazer download clicar aqui.









domingo, 10 de junho de 2012

Animais da Floresta


A apresentação em PowerPoint - Animais da Mata e da Floresta - pretende ser um recurso útil para a  preparação de uma visita de estudo,  para a abordagem da fauna da floresta autóctone ou exploração da temática dos animais.  Como nem todos os animais da fauna portuguesa estão representados na apresentação, pode também servir como ponto de partida para novas pesquisas a fazer com as crianças quer no Jardim de Infância quer com as famílias.


Animais da Mata e da Floresta



As crianças devem falar sobre o que observam ou seja descobrir as caraterística dos animais ( Como são? ) :


  • Como é o revestimento do corpo ( pele, penas, pêlo...)
  • Qual o número de patas ( quatro, duas, nenhuma)
  • Como se movimentam -  locomoção ( voar, andar, rastejar,...)
  • o que comem - alimentação ( herbívoros, carnívoros ,...)
  • Como são os seus ninhos / tocas...
  • Como é a voz - som que produzem
Estas são algumas propostas para explorar com as crianças as imagens apresentadas. Depois, nada melhor que realizar uma visita de estudo a uma Mata ou Floresta para observar alguns destes animais.


sábado, 9 de junho de 2012

Alfabeto a Cantar



Porque a cantar é mais divertido aprender as letras e o alfabeto, aqui está uma música do agrado de todas as crianças !
Ou seja, não devemos perder de vista esta canção e video...






sexta-feira, 8 de junho de 2012

Letras & Animais



Este recurso - ABC dos Animais - depois de impresso e plastificado pode ser utilizado  de diferentes formas com as crianças, explorando letras, palavras e animais que na maioria habitam nas florestas e matas de Portugal. 






ABC - Alfabeto dos Animais




Aqui mais uma partilha, Cartas com Letras do Alfabeto. 

 
Para fazer o download das Cartas com Letras Minúsculas clicar aqui.




Para fazer o download das Cartas com Letras Maiúsculas clicar aqui.

quinta-feira, 7 de junho de 2012

Alfabeto Sem Juízo

O livro  " A Gata Tareca e Outros Poemas Levados da Breca" da escritora Luísa Ducla Soares é um excelente recurso para as crianças brincarem com  fonemas , jogarem com  palavras e gostarem de ouvir ler poesia.

Da coletânea  destaco o " Alfabeto Sem Juízo" , que pode servir como ponto de partida para a criação e construção de novas rimas, jogos de palavras e ilustração da poesia .



ALFABETO SEM JUÍZO
A é a Ana, a cavalo numa cana.
B é o Beto, quer armar em esperto.
C é a Cristina, nada  fora da piscina.
D é o Diogo, com chichi apaga o fogo.
E é a Eva, olha o rabo que ela leva.
F é o Francisco, come as conchas do marisco.
G é a Graça, ai mordeu-lhe uma carraça!
H é a Helena, é preta, diz que é morena.
I é o Ivo, põe na mosca um curativo.
J é o Jacinto, faz corridas com um pinto.
L é o Luís, tem macacos no nariz.
M é a Maria, come a sopa sempre fria.
N é o Napoleão, dorme dentro do colchão.
O é a Olga, todos os dias tem folga.
P é a Paula, entra de burro na aula.
Q é o Quintino, que na missa faz o pino.
R é o Raul, a beber a tinta azul.
 é a Sofia, engasgada com uma enguia.
T é a Teresa, come debaixo da mesa.
U é o Urbano, que caiu dentro do cano.
V é a Vera, com as unhas de pantera.
X é a Xana, caçando uma ratazana.
Z é o Zé, foi ao mar, perdeu o pé.
Luísa Ducla Soares



Para ver como as crianças ilustraram o poema, clicar na imagem ou aqui.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...